Prevalência de parasitos gastrintestinais e de toxoplasmose em ovinos da região de Uberaba, MG

  • Paula Boeira Bassi Universidade de Uberaba
  • Joely Ferreira Figueiredo Bittar
  • Camila Cristina da Silva
  • Jandra Pacheco dos Santos
  • Eustáquio Resende Bittar

Abstract

Com o objetivo de identificar os principais parasitos gastrintestinais que acometem os ovinos, bem como a ocorrência de anticorpos IgG contra Toxoplasma gondii, foram realizados 270 exames coprológicos (OPG/OOPG) e 250 sorológicos (imunofluorescência indireta-IFI) nos ovinos da região de Uberaba-MG. Das amostras de fezes coletadas, 217 (80,37%) eram positivas, com prevalência de Strongyloidea (88,47%), Eimeria spp. (63,13%), Strongyloides sp. (24,42%), Skrjabinema sp. (0,73%) e Moniezia sp. (0,73%) e Capillaria sp. (0,46%). Dos 250 soros testados para Toxoplasma gondii, 144 (57,60%) apresentavam títulos acima do ponto de corte (64), sendo 77,78% com título de 64 e 22,22% de 128. Esses resultados são importantes para nortear proprietários e veterinários sobre a necessidade de diagnosticar e controlar as parasitoses que acometem os rebanhos ovinos.

Downloads

Download data is not yet available.
Published
2013-04-30
How to Cite
Bassi, P. B., Figueiredo Bittar, J. F., Silva, C. C. da, Santos, J. P. dos, & Bittar, E. R. (2013). Prevalência de parasitos gastrintestinais e de toxoplasmose em ovinos da região de Uberaba, MG . Bioscience Journal, 29(2). Retrieved from http://www.seer.ufu.br/index.php/biosciencejournal/article/view/14703
Section
Agricultural Sciences