Aspectos florísticos e fitossociológicos da comunidade arbórea de um fragmento urbano de floresta atlântica (Juiz de Fora, MG, Brasil)

  • Cassiano Ribeiro da Fonseca Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), Programa de Pós-graduação em Ecologia (PGECOL)
  • Fabricio Alvim Carvalho Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), Departamento de Botânica

Abstract

Este estudo visou avaliar a composição florística e fitossociológica da comunidade arbórea de um pequeno fragmento (2 ha) de floresta estacional semidecidual urbana, pertencente ao Jardim Botânico da Universidade Federal de Juiz de Fora, município de Juiz de Fora, MG, Brasil. As árvores (DAP ≥ 5 cm) foram amostradas em 25 parcelas aleatórias de 20 x 20 m (1 ha). Foram amostrados 2054 indivíduos pertencentes a 78 espécies. Houve uma forte predominância de espécies de ocorrência freqüente na flora de MG, e de espécies de estágios sucessionais iniciais (pioneiras e secundárias iniciais). Como reflexo da forte dominância ecológica, o valor do índice de diversidade de espécies de Shannon (H' = 2,82) foi o mais baixo em comparação com outras florestas secundárias da região. A comunidade também apresentou elevada densidade da espécie exótica Syzygium jambos (a 4ª em Valor de Importância), potencial invasora em florestas neotropicais. Embora o fragmento florestal possua longa regeneração natural (> 70 anos de abandono), os resultados mostram uma comunidade arbórea imatura e de baixa diversidade, seguindo o padrão normalmente atribuído a florestas urbanas no contexto mundial.

Downloads

Download data is not yet available.
Published
2012-10-03
How to Cite
Fonseca, C. R. da, & Carvalho, F. A. (2012). Aspectos florísticos e fitossociológicos da comunidade arbórea de um fragmento urbano de floresta atlântica (Juiz de Fora, MG, Brasil) . Bioscience Journal, 28(5). Retrieved from http://www.seer.ufu.br/index.php/biosciencejournal/article/view/14215
Section
Biological Sciences