Alternativas para o controle de soja RR® voluntária na cultura do algodoeiro

  • Guilherme Braga Pereira Braz Universidade Estadual de Maringá (UEM)
  • Rubem Silvério Oliveira Jr. Universidade Estadual de Maringá (UEM)
  • Jamil Constantin Universidade Estadual de Maringá (UEM)
  • Antonio Mendes Oliveira Neto Universidade Estadual de Maringá (UEM)
  • Hugo Almeida Dan Universidade Estadual de Maringá (UEM)
  • Naiara Guerra Universidade Estadual de Maringá (UEM)
  • Jethro Barros Osipe Universidade Estadual de Maringá (UEM)
  • Hudson Kagueyama Takano Universidade Estadual de Maringá (UEM)

Abstract

Com o advento do cultivo de algodão em segunda safra, o controle de plantas voluntárias de soja RR® tornou-se uma operação indispensável na cotonicultura. Assim, o presente trabalho teve por objetivo avaliar a eficiência de diferentes alternativas de controle químico de plantas voluntárias de soja RR®, mediante a avaliação de herbicidas empregados no algodão. Foram instalados dois experimentos em casa de vegetação, sendo um com plantas de soja em estádio V1 e o outro em V2. Foram avaliados 21 tratamentos, sendo que estes compostos pela aplicação isolada e em mistura dos herbicidas pyrithiobac-sodium, amonio-glufosinate, glyphosate e trifloxysulfuron-sodium em diferentes doses. As variáveis analisadas foram: controle aos 7 e 28 dias após a aplicação dos herbicidas (DAA); matéria seca e altura das plantas aos 28 DAA. Os resultados demonstraram que nenhuma das misturas entre os herbicidas apresentaram antagonismo no controle de soja RR®. Diferentes níveis de supressão podem ser obtidos pela aplicação dos herbicidas avaliados, porém, apenas o amonio-glufosinate isolado ou associado ao pyrithiobac-sodium controlou todas as plantas voluntárias, independentemente do estádio de aplicação. Em geral, a soja apresentou maior tolerância aos herbicidas testados quando em estádio de crescimento mais avançado.

Downloads

Download data is not yet available.

Author Biographies

Guilherme Braga Pereira Braz, Universidade Estadual de Maringá (UEM)
Mestrando do Programa de Pós-Graduação em Agronomia da Universidade Estadual de Maringá (UEM/NAPD), Av. Colombo 5790, 87020-900, Maringá, PR.
Rubem Silvério Oliveira Jr., Universidade Estadual de Maringá (UEM)
Professor do Departamento de Agronomia da Universidade Estadual de Maringá (UEM).
Jamil Constantin, Universidade Estadual de Maringá (UEM)
Professor do Departamento de Agronomia da Universidade Estadual de Maringá (UEM).
Antonio Mendes Oliveira Neto, Universidade Estadual de Maringá (UEM)
Aluno do Programa de Pós-Graduação em Agronomia da Universidade Estadual de Maringá (UEM).
Hugo Almeida Dan, Universidade Estadual de Maringá (UEM)
Aluno do Programa de Pós-Graduação em Agronomia da Universidade Estadual de Maringá (UEM).
Naiara Guerra, Universidade Estadual de Maringá (UEM)
Aluna do Programa de Pós-Graduação em Agronomia da Universidade Estadual de Maringá (UEM).
Jethro Barros Osipe, Universidade Estadual de Maringá (UEM)
Aluno do Programa de Pós-Graduação em Agronomia da Universidade Estadual de Maringá (UEM).
Hudson Kagueyama Takano, Universidade Estadual de Maringá (UEM)
Acadêmico da Faculdade de Agronomia da Universidade Estadual de Maringá (UEM).
Published
2013-04-02
How to Cite
Pereira Braz, G. B., Oliveira Jr., R. S., Constantin, J., Oliveira Neto, A. M., Dan, H. A., Guerra, N., Osipe, J. B., & Takano, H. K. (2013). Alternativas para o controle de soja RR® voluntária na cultura do algodoeiro . Bioscience Journal, 29(2). Retrieved from http://www.seer.ufu.br/index.php/biosciencejournal/article/view/13983
Section
Agricultural Sciences