Biotita: fonte de potássio para agricultura

  • Ivaniele Nahas Duarte UFU
  • Robson Thiago Xavier de Sousa UFU
  • Gaspar Henrique Korndörfer
  • Patrícia Rezende Fontoura
  • Rogério Augusto Bremm Soares

Abstract

A dependência brasileira de importações, sempre crescente ao longo dos anos, mostra a importância de se realizar pesquisas sobre novas fontes para produção de fertilizantes que contém potássio. O objetivo desse trabalho foi avaliar a eficiência agronômica do mineral biotita, em relação à fonte convencional cloreto de potássio (KCl) na disponibilidade de potássio para as plantas.O experimento foi instalado na casa-de-vegetação da Universidade Federal de Uberlândia (UFU). O solo utilizado foi um Neossolo Quartzarênico Órtico típico, com 1 mmolcdm-3 de potássio e 12% de argila (arenoso). O delineamento experimental adotado foi o de blocos ao acaso (DBC) em um esquema fatorial de 5 X 2 + 1, sendo 5 doses (0, 30, 60, 120, 240 e 480 kg ha-1 de K2O), 2 fontes de potássio (KCl e a Biotita), mais um tratamento adicional (testemunha) com 4 repetições, totalizando 44 parcelas. O milheto foi colhido 60 dias após a semeadura e foi determinada a matéria seca, os teores de K+ na parte aérea do milheto e no solo. Foram avaliados também o potássio acumulado na parte aérea do milheto e o equivalente em K2O do KCl. Houve maior incremento do teor acumulado de potássio na parte aérea quando se utilizou a fonte padrão (KCl). Tanto a biotita como o KCl, promoveram aumento da matéria seca do milheto com o aumento da dose de K2O aplicada. O teor máximo de matéria seca foi obtido na dose de 424 kg ha-1 de K2O. Com relação ao potássio no solo, percebe-se maior efeito residual da biotita em relação ao cloreto de potássio. O índice de eficiência agronômica da biotita em relação à fonte padrão, cloreto de potássio, foi de 54%.

Downloads

Download data is not yet available.
Published
2012-02-02
How to Cite
Nahas Duarte, I., Thiago Xavier de Sousa, R., Henrique Korndörfer, G., Fontoura, P. R., & Soares, R. A. B. (2012). Biotita: fonte de potássio para agricultura . Bioscience Journal, 28(1). Retrieved from http://www.seer.ufu.br/index.php/biosciencejournal/article/view/13241
Section
Supplement 1 - XXXIII Congresso Brasileiro de Ciência do Solo