Influência da chuva após aplicação de imazamox sobre o controle de plantas daninhas aquáticas

  • Caio Ferraz de Campos Unesp/FCA
  • Guilherme Sasso Ferreira de Souza Unesp/FCA
  • Dagoberto Martins Unesp/FCA
  • Maria Renata Rocha Pereira
  • Murilo Villas Boas Bagatta Unesp/FCA

Abstract

O objetivo deste estudo foi avaliar a eficiência do herbicida imazamox no controle de plantas aquáticas submetidas a diferentes intervalos de chuva simulada após a sua aplicação. O experimento foi conduzido em um delineamento inteiramente casualizado, com quatro repetições. O herbicida imazamox a 290,4 g ha-1 foi testado em três espécies de plantas aquáticas, Eichhornia crassipes (Mart.) Solms, Pistia stratiotes L. e Salvinia adnata Desv e submetido a oito diferentes períodos livre de chuva (0, 2, 4, 6, 8, 12, 24 horas e sem chuva). A simulação da lâmina de chuva foi realizada sob um sistema estacionário de aplicação de água (20 mm). Observou-se um bom controle de Eichhornia crassipes, independentemente dos períodos sem chuva após a aplicação do herbicida. No entanto, para Pistia stratiotes foi necessário um período livre de chuva de pelo menos oito horas para obter-se um controle efetivo. Para Salvinia adnata, todos os períodos de chuva afetaram o controle proporcionado pelo herbicida.

Downloads

Download data is not yet available.
Published
2012-06-04
How to Cite
Campos, C. F. de, Souza, G. S. F. de, Martins, D., Pereira, M. R. R., & Bagatta, M. V. B. (2012). Influência da chuva após aplicação de imazamox sobre o controle de plantas daninhas aquáticas . Bioscience Journal , 28(3). Retrieved from http://www.seer.ufu.br/index.php/biosciencejournal/article/view/12356
Section
Agricultural Sciences