Atividade inseticida de extratos diclorometano e metanólico de Azadirachta indica...

  • Marcia Fatima Inacio Instituto de Pesquisas Jardim botânico do Rio de Janeiro
  • Mario Geraldo de Carvalho

Abstract

O objetivo desse trabalho foi avaliar o efeito de extratos diclorometano e metanólico de três espécies da família Meliaceae, Azadirachta indica A. Juss , Melia azedarach L. e Carapa guianenses Aubl. sobre Coptotermes gestroi (Wasmann). Para tanto foram realizados dois experimentos em condições laboratoriais. O primeiro avaliou a sobrevivência dos insetos frente a condições ótimas (presença de umidade e alimento) e adversas (ausência de umidade ou alimento, ou de ambos os elementos). A umidade demonstrou ser o fator limitante, reduzindo de forma significativa à sobrevivência dos insetos (P < 0,05), seguida da ausência de alimento. O segundo experimento avaliou o efeito de extratos orgânicos das três plantas sobre C. gestroi. O experimento contou com seis tratamentos, e três grupos testemunhas (diclorometano, metanol e água). Os extratos que mais afetaram os insetos foram os de A. indica. AIDic que reduziu em 17 dias o tempo de sobrevivência, apresentando mortalidade superior a 70% a partir do sétimo dia, AIMet apresentou resultados semelhantes. Os extratos de M. azedarach (MADic) também reduziram significativamente a sobrevivência dos insetos (P < 0,05). Observou-se um claro efeito residual do solvente extrator, principalmente do metanol.

Downloads

Download data is not yet available.

Author Biography

Marcia Fatima Inacio, Instituto de Pesquisas Jardim botânico do Rio de Janeiro
Engenheira Florestal, doutora em Solos com pós-doutorado na Universidade de Idaho - USA
Published
2012-10-04
How to Cite
Inacio, M. F., & de Carvalho, M. G. (2012). Atividade inseticida de extratos diclorometano e metanólico de Azadirachta indica. . Bioscience Journal, 28(5). Retrieved from http://www.seer.ufu.br/index.php/biosciencejournal/article/view/12322
Section
Agricultural Sciences