IInfluência do tamanho e da forma da semente de milho sobre o desenvolvimento da planta e a produtividade de grãos

  • Gisele Herbst Vazquez Unesp/Unicastelo
  • Orivaldo Arf
  • Bruno Antonio Sargi
  • Allan Cesar Okamoto Pessoa

Abstract

O objetivo deste trabalho foi verificar a influência do tamanho e da forma da semente de milho empregada no momento da semeadura sobre o desenvolvimento da planta e a produtividade de grãos. O experimento foi instalado no dia 22/12/2008 em Votuporanga, SP, com seis tratamentos e cinco repetições. Lotes comerciais de sementes de milho híbrido simples DKB 390YG classificados com os seguintes tamanhos (peneiras - P) e formas (achatadas - C ou redondas - R) foram avaliados: 1. C1 (semente retida em P23/64"), 2. C2G (P21/64"), 3. C3M (P17/64" ou 16/64" de comprimento médio); 4. R2GM (P13 x ¾" médio), 5. R3M (P12 x ¾'' de comprimento 1 a 2 mm maior que a R3) e 6. R3 (P12 x ¾''). A área foi semeada em sistema plantio direto em um espaçamento de 0,6 m entrelinha, e aos 15 dias após a emergência foi realizado um desbaste para a obtenção de 66.000 plantas ha-1. A colheita foi realizada aos 115 dias após a emergência atingindo produtividade média de grãos de 12498 kg ha-1. De acordo com os resultados obtidos pode-se concluir que alterações no tamanho de sementes de milho interferem apenas no desenvolvimento inicial das plantas. Após 40 dias da emergência, a altura da planta e da inserção da primeira espiga, o diâmetro do colmo, o número de grãos por espiga, o peso e o tamanho do grão colhido e a produtividade de grãos não sofrem interferência do tamanho e da forma da semente de milho empregada em semeadura normal de verão.

Downloads

Download data is not yet available.

Author Biography

Gisele Herbst Vazquez, Unesp/Unicastelo
Professora do Departamento de Fitotecnia, Tecnologia de Alimentos e Socio-Economia do curso de Agronomia da UNESP de Ilha Solteira e do Departamento de Produção Vegetal do curso de Agronomia da UNICASTElO/Fernandópolis
Published
2012-02-02
How to Cite
Vazquez, G. H., Arf, O., Sargi, B. A., & Pessoa, A. C. O. (2012). IInfluência do tamanho e da forma da semente de milho sobre o desenvolvimento da planta e a produtividade de grãos . Bioscience Journal, 28(1). Retrieved from http://www.seer.ufu.br/index.php/biosciencejournal/article/view/11671
Section
Agricultural Sciences