Reação fenotípica de genótipos de abóboras ao vírus da mancha anelar do mamoeiro, estirpe melancia (Pappaya ringspot virus, strain watermelon - PRSV-W)

  • Ildon Rodrigues do Nascimento Universidade Federal do Tocanitns
  • Luniara Bastos dos Santos UFT
  • Renato de Almeida Sarmento UFT
  • Antônia dos Reis Figueira UFLA
  • Gilberto Iris Souza de Oliveira UFT
  • Raimundo Wagner de Souza Aguiar UFT

Abstract

O Pappaya ringspot vírus, estirpe melancia - PRSV-W, é a principal doença virótica das abóboras em condições tropicais. O trabalho objetivou avaliar a resistência fenotípica e o padrão de sintomas apresentados por genótipos de abóboras (Cucurbita spp.) ao PRSV-W. O experimento foi conduzido no delineamento inteiramente casualizado com quatro repetições e 10 plantas por parcela. Foram realizadas duas inoculações, a primeira na fase cotiledonar e a segunda cinco dias após a primeira. As plantas foram avaliadas quanto ao aparecimento de sintomas durante 30 dias, começando 10 dias após a segunda inoculação, através de uma escala de notas, em que: nota - 1: plantas com folhas sem sintomas de mosaico e; nota - 5: plantas com folhas apresentando mosaico intenso, com bolhosidade e presença de deformações foliares mais severas. Foram avaliados nove genótipos, dos quais três são regionais ï›ABTO#01 e ABTO#02 (C. maxima); ABTO#03 (C. moschata)ï; e seis são cultivares comerciais [cv. Caserta (C. pepo); cvs. Menina Brasileira; Paulista; Baianinha; Jacarezinho (C. moschata); e o híbrido interespecífico Tetsukabuto ou Kabutiá (C. máxima x C. moschata)]. Também foram avaliadas progênies endogâmicas do acesso ABTO#01. Apenas o genótipo regional ABTO#01 não apresentou sintomas durante o período de avaliação, sendo considerado resistente. Todos os genótipos comerciais foram suscetíveis e os sintomas apresentados foram bolhosidades, mosaicos, estreitamento foliar e subdesenvolvimento. Todas as progênies endogâmicas oriundas do acesso ABTO#01 avaliadas foram resistentes ao PRSV-W e, portanto, constituem progênies promissoras para serem utilizadas em programas de melhoramento genético da abóbora para a região do Tocantins.

Downloads

Download data is not yet available.

Author Biographies

Ildon Rodrigues do Nascimento, Universidade Federal do Tocanitns
Possui graduação em Agronomia pela Universidade do Tocantins (2001), mestrado em Agronomia (Fitotecnia) pela Universidade Federal de Lavras (2002) e doutorado em Agronomia (Genética e Melhoramento Vegetal) pela Universidade Federal de Lavras (2005). Atualmente é professor Adjunto II da Fundação Universidade Federal do Tocantins - UFT.
Luniara Bastos dos Santos, UFT
Luniara Bastos dos Santos
Renato de Almeida Sarmento, UFT
possui Graduação em Agronomia pela Universidade do Tocantins, concluiu Mestrado (2003) e Doutorado (2007) em Entomologia pela Universidade Federal de Viçosa. Passou por estágio Pós-doutoral na University of Amsterdam, Holanda (2007). Concluiu PhD em Biologia Populacional pela University of Amsterdam (2011). Possui formação complementar em Estatística Computacional pelo Imperial College of Science, Technology and Medicine, Londres-Inglaterra. Recebeu pela CAPES, "Menção Honrosa" no concurso nacional "Prêmio Capes de Teses", com o trabalho de sua tese de doutorado. Atualmente é Professor Adjunto II da Universidade Federal do Tocantins e Professor do Programa de Pós-Graduação em Produção Vegetal-UFT. Trabalha com Entomologia/Ecologia, defesa de plantas contra herbívoros, Acarologia, Controle Biológico de Pragas e Ecologia de teias alimentares em ecossistemas naturais e manejados.
Antônia dos Reis Figueira, UFLA
Possui Licenciatura Plena em Química e Graduação em Química pela Universidade de Ribeirão Preto (1976), mestrado em Biologia Celular e Molecular pela Universidade Estadual de Campinas (1980) e doutorado em Biologia Vegetal pela Universidade Estadual de Campinas (1983). Fez especialização em diagnose de vírus em batata por DAS-ELISA no "Research Institute For Plant Protection"/ Wageningen Holanda, no período de julho a novembro de 1987, um pós Doutorado na "University of Illinois" - USA, no período de 1992-1994 e outro pós Doutorado na "University of Maryland", no periodo de 2000-2001. Atualmente é professora Titular da Universidade Federal de Lavras, onde ingressou em 1982.
Gilberto Iris Souza de Oliveira, UFT
Ensino Profissional de nível técnico em Técnico em Agropecuária Hab. Agricultura pela Escola Agrotecnica Federal de Araguatins, Brasil(2006) Pesquisador de Iniciação Cientifica da Fundação Universidade Federal do Tocantins , Brasil
Raimundo Wagner de Souza Aguiar, UFT
Possui graduação em Engenharia Agronômica pela Universidade do Tocantins (2000), mestrado em Entomologia Agrícola pela Universidade Federal de Viçosa (2003) e doutorado em Ciências Biológicas (Biologia Molecular) pela Universidade de Brasília (2007). Atualmente é professor Adjunto I da Universitário da Fundação Universidade Federal do Tocantins e pertence ao quadro de professores do curso de Pós-graduação - Mestrado de Produção Vegetal - Universidade Federal do Tocantins - Campus Universitário de Gurupi/TO. Tem experiência na área de Ciências Biológicas com ênfase em temas: Expressão gênica Bacillus thuringiensis, Virologia - produção de proteína heterologa sistema de Baculovírus. Agronomia - com ênfase em temas: controle de insetos - praga.
Published
2012-04-09
How to Cite
Nascimento, I. R. do, dos Santos, L. B., Sarmento, R. de A., Figueira, A. dos R., Oliveira, G. I. S. de, & Aguiar, R. W. de S. (2012). Reação fenotípica de genótipos de abóboras ao vírus da mancha anelar do mamoeiro, estirpe melancia (Pappaya ringspot virus, strain watermelon - PRSV-W) . Bioscience Journal, 28(2). Retrieved from http://www.seer.ufu.br/index.php/biosciencejournal/article/view/11663
Section
Agricultural Sciences