Premeditando o Breque e Língua de Trapo: a dimensão política da Vanguarda Paulista por meio do humor

  • José Adriano Fenerick
Palavras-chave: humor, Língua de Trapo, Premeditando o Breque

Resumo

Este artigo é um estudo sobre a crítica política do Língua de Trapo e do Premeditando o Breque, realizada por meio do humor. Inseridos no campo do underground do começo da década de 1980 e, portanto, relativamente distantes das regras impostas pelo grande mercado de música no país, esses dois grupos, pertencentes à chamada Vanguarda Paulista, criaram um contraponto crítico à produção musical de sua época. Assim, ao analisar algumas de suas canções, este texto procura destacar certos aspectos do humor como procedimento de crítica cultural e política.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

José Adriano Fenerick

Doutor em História Econômica pela Universidade de São Paulo (USP). Professor do Departamento de História e do Programa de Pós-graduação em História da Universidade Estadual Paulista (Unesp-Franca). Autor, entre outros livros, de Façanhas às próprias custas: a produção musical da Vanguarda Paulista (1979-2000). São Paulo: Annablume/Fapesp, 2007.

Referências

ADORNO, Theodor W. Crítica cultural e sociedade. Prismas. São Paulo: Ática, 2001.

DIAS, Márcia Tosta. Os donos da voz: indústria fonográfica brasileira e a mundialização da cultura. São Paulo: Boitempo, 2000.

GUIMARÃES, Antonio Carlos Machado. A “nova música” popular de São Paulo. Dissertação (Mestrado em Antropologia Social) – Unicamp, Campinas, 1985.

LÍNGUA DE TRAPO. LP Como é bom ser punk, RGE, 1985.

MANGA, Mário. In: FARO, Fernando. Ensaio: Premê, São Paulo, TV Cultura de SP, 2001.

NAPOLITANO, Marcos. “Seguindo a canção”; engajamento político e indústria cultural na MPB (1959-1969). São Paulo: Annablume/Fapesp, 2001.

ORTIZ, Renato. A moderna tradição brasileira. São Paulo: Brasiliense, 1999.

PREMÊ. Grande coisa, LP EMI-Odeon, 1986.

PREMEDITANDO O BREQUE. Quase lindo, Lira Paulistana/Continental, 1983.

Publicado
2020-06-10
Como Citar
Fenerick, J. A. (2020). Premeditando o Breque e Língua de Trapo: a dimensão política da Vanguarda Paulista por meio do humor. Artcultura, 22(40), 151-164. https://doi.org/10.14393/artc-v22-n40-2020-56969
Seção
Minidossiê: Cenas musicais alternativas