O terceiro continente Tradução

Ivan Jablonka

Resumo


Nas últimas décadas, os historiadores se aventuraram fora dos caminhos tradicionais para explorar e reconfigurar as relações entre o real, a investigação e a literatura. Se o encontro entre os gêneros é perceptível tanto na literatura como nas ciências sociais, isso não indica o seu desaparecimento. Uma mudança de paradigma se impõe como condição necessária à emergência de uma nova topografia literária e cognitiva.

Palavras-chave: literatura; real; ciências sociais.


Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.14393/ArtC-V19n35-2017-2-01