[1]
A. F. de Carvalho, “Governar pela dívida e subjetividade funcional na educação: qual o lugar da deficiência?”, Educ. e Filos., vol. 31, nº 63, p. 1419-1441, dez. 2017.