Autores e modos de entrada no discurso: um exame a partir da psicologia do desenvolvimento.

  • Ana Laura Godinho de Lima USP
Palavras-chave: Análise do discurso, Formação de professores, psicologia educacional, Estudos foucaultianos, Manuais de ensino

Resumo

O artigo recorre aos escritos de Michel Foucault sobre a análise do discurso, para caracterizar as exigências que se impõem aos intelectuais ao adentrarem uma formação discursiva. Examinam-se as condições requeridas para se ocupar a posição de sujeito do enunciado, bem como as regras subjacentes à formação dos objetos, dos conceitos e à escolha dos temas e teorias, os quais tanto permitem como restringem as possibilidades de formação dos enunciados. A análise incide especificamente sobre os discursos da psicologia destinados aos professores em formação, investigando a hipótese de que, na primeira metade do século XX, o tema do desenvolvimento tratado no âmbito da teoria da recapitulação constituiu uma estratégia recorrente para a formulação de enunciados reconhecidos como verdadeiros.

Palavras-chave: Análise do discurso. Formação de professores, psicologia educacional. Estudos foucaultianos. Manuais de ensino.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ana Laura Godinho de Lima, USP

Doutora em Educação pela Universidade de São Paulo (USP). Professora da Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo.

Publicado
2019-12-18
Como Citar
Lima, A. L. G. de. (2019). Autores e modos de entrada no discurso: um exame a partir da psicologia do desenvolvimento. EDUCAÇÃO E FILOSOFIA, 33(67). Recuperado de http://www.seer.ufu.br/index.php/EducacaoFilosofia/article/view/47900
Seção
Dossiê Intelectuais entre a educação, a ciência e a política: abordagens