Um preâmbulo ao curso O Poder psiquiátrico: o problema da antipsiquiatria em Foucault (ou a genealogia de uma a-historicidade)

Palavras-chave: Poder, genealogia, Foucault, antipsiquiatria

Resumo

Como um preâmbulo à leitura de O poder psiquiátrico, o artigo discute como a questão da antipsiquiatria deve ser a chave de leitura do curso dado por Foucault entre 1973-1974 no Collège de France. A antipsiquiatria está associada ao paradoxo que constituiu o saber psiquiátrico segundo o qual, ao procurar determinar a doença mental, o poder psiquiátrico eliminou o sofrimento real do indivíduo adoecido. O poder psiquiátrico teria como sua tese mais básica a proposta de que sobre o campo psiquiátrico é necessário fazer a genealogia desta forma de a-historicidade. Para tanto recorremos a textos, de certo modo, externos ao curso nos quais o tema se apresenta mais especificamente desenvolvido: a conferência História da loucura e antipsiquiatria (proferida em maio de 1973) e o resumo do curso.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Carlos Eduardo Ribeiro, Universidade Federal do ABC
Professor de Filosofia Contemporânea da UFABC.
Publicado
2019-12-18
Como Citar
Ribeiro, C. E. (2019). Um preâmbulo ao curso O Poder psiquiátrico: o problema da antipsiquiatria em Foucault (ou a genealogia de uma a-historicidade). EDUCAÇÃO E FILOSOFIA, 33(67). Recuperado de http://www.seer.ufu.br/index.php/EducacaoFilosofia/article/view/46682
Seção
Artigos