Para um conceito Habermasiano de ação pedagógica

Palavras-chave: Ação comunicativa, Discurso explicativo, Ação pedagógica, Tematização didática

Resumo

O presente artigo trata das implicações pedagógicas da teoria da ação comunicativa de Jürgen Habermas, em especial para um conceito de ação pedagógica. Mediante revisão das obras de Habermas e também da literatura específica, identifica uma tendência a compreender ação pedagógica enquanto processo argumentativo. Propõe conceito de ação pedagógica inscrito no discurso explicativo, cuja finalidade é a obtenção de entendimento quanto à inteligibilidade do significado. Desse modo, sugere solução ao problema da compatibilidade conceitual entre a pressuposição de simetria da ação comunicativa e de assimetria da ação pedagógica mediante a noção de uso didático da linguagem. Visa contribuir para a reflexão sobre uma didática comunicativa.

Palavras-chave: Ação comunicativa. Discurso explicativo. Ação pedagógica. Tematização didática. 

Data de registro: 26/06/2016

Data de aceite: 19/04/2017

Towards a habermasian concept of pedagogical action

Abstract: The present article deals with the pedagogical implications of the theory of communicative action, by Jürgen Habermas, specially to a concept of pedagogical action. Through the review of Habermas' work and also of the specific literature, identifies a tendency of understanding pedagogical action as argumentative process. Proposes a concept of pedagogical action inscribed in the explicative discourse, which goal is to obtain understanding concerning the inteligibility of the meaning. Thus, suggests a solution to the problem of the conceptual compatibility among the presupposition of symmetry of communicative action and the asymmetry of pedagogical action, by the notion of didactical use of language. It aims to contribute for the reflection about a communicative didactics.

Keywords: Communicative action. Explicative discourse. Pedagogical action. Didactic thematization.

Para um concepto habermasiano de acción pedagógica

Resumen: El presente artículo trata de las implicaciones pedagógica de la teoría de la acción comunicativa, de Jürgen habermas, en especial para un concepto de acción pedagógica. Mediante revisión de las obras de Habermas y también de la literatura específica, identifica una tendencia a compreender la acción pedagógica encuanto proceso argumentativo. Propone un concepto de acción pedagógica inscripto en el discurso explicativo, cuya finalidad es la obtención de entendimiento cuanto a la inteligibilidad del significado. Por lo tanto, sugiere solución a lo problema de la compatibilidad conceptual entre la presuposición de simetría de la acción comunicativa y la asimetría de la acción pedagógica, mediante la noción de uso didáctico del lenguage. Pretende contribuir para la reflexión sobre didáctica comunicativa.

Palabras-claves: Acción comunicativa. Discurso explicativo. Acción pedagógica. Tematización didáctica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Alexandre Zaslavsky, Instituto Federal do Paraná
Graduação em Filosofia. Mestrado e Doutorado em Educação. Professor do Instituto Federal do Paraná, campus Foz do Iguaçu.

Referências

BANNWART JR., Clodomiro José. Habermas: evolução social e aprendizagem. In: SGRÓ, Margarita (Org.). Teoría crítica de la sociedad, educación, democracia y ciudadanía. Tandil: Univ. Nacional del Centro de la Província de Buenos Aires, 2008.

BOUFLEUER, José Pedro. Pedagogia da ação comunicativa. Ijuí: Unijuí, 1997.

COUTINHO, Maria de Sousa Pereira. Racionalidade comunicativa e desenvolvimento humano em Jürgen Habermas: bases de um pensamento educacional. Lisboa: Colibri, 2002.

CULLEN, Carlos. Autonomía moral, participación democrática y cuidado del otro. Buenos Aires: Novedades Educativas, 1999.

______. Crítica de las razones de educar: temas de filosofía de la educación. Buenos Aires: Paidós, 2005.

DALBOSCO, Cláudio Almir. Pedagogia filosófica: cercanias de um diálogo. São Paulo: Paulinas, 2007.

______. Desafios ético-educacionais diante da crescente colonização do mundo da vida. In: LOMBARDI, José Claudinei; GOERGEN, Pedro (Org.). Ética e Educação: reflexões filosóficas e históricas. Campinas: Autores Associados: Histedbr, 2005.

DAVINI, María Cristina. Conflictos en la evolución de la Didáctica. La demarcación entre la didáctica general y las didácticas especiales. In: CAMILLONI, Alícia W. de et al. Corrientes didácticas contemporáneas. Buenos Aires: Paidós, 2006.

GARZ, Detlef. A Perda dos Paradigmas. Erosão dos Paradigmas e Sentido de Crise na Ciência da Educação Contemporânea. O Caso da República Federal da Alemanha. Revista. Brasileira de Estudos Pedagógicos, Brasília, v. 7-4, n. 176, p. 131-184, jan./abr. 1993. Disponível em: <http://www.rbep.inep.gov.br/index.php/RBEP/article/viewFile/378/383>. Acesso em: 13 mar. 2010.

FREITAG, Bárbara. Piaget: encontros e desencontros. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro, 1985.

GOERGEN, Pedro. Educação moral: adestramento ou reflexão comunicativa? Educação & Sociedade, ano XXII, n. 76, Outubro/2001. Disponível em: <http://www.scielo.br>. Acesso em: 13 mar. 2010. https://doi.org/10.1590/S0101-73302001000300009

GOMES, Luiz Roberto. Educação e consenso em Habermas. Campinas: Alínea, 2007.

HABERMAS, Jürgen. Teoría de la acción comunicativa. Tomo I. Madrid: Taurus, 1988.

______. Consciência moral e agir comunicativo. Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro, 1989.

______. Teoría de la acción comunicativa: complementos y estudios previos. Madrid: Cátedra, 1994.

HERMANN, Nadja. Validade em educação. Porto Alegre: Edipucrs, 1999.

KESSELRING, Thomas. Jean Piaget: sua recepção por Jürgen Habermas. In: BANKS-LEITE, Luci. Percursos piagetianos. São Paulo: Cortez, 1997.

LONGHI, Armindo José. A ação educativa na perspectiva da teoria do agir comunicativo de Jürgen Habermas: uma abordagem reflexiva. 173f. 2005. Tese (Doutorado em Educação) – Faculdade de Educação, Universidade Estadual de Campinas, Campinas: Unicamp, 2005.

LUZURIAGA, Lorenzo. História da educação e da pedagogia. São Paulo: Companhia Editora Nacional, 1963.

MARTINI, Rosa Maria F. Habermas e a crítica do conhecimento pedagógico na pós-modernidade. Educação & Realidade, v. 21, n. 2, p. 9-29, jul./dez., 1996.

MIEDEMA, Siebren. The Relevance for Pedagogy of Habermas’ “Theory of Communicative Action”. Interchange, v. 25, n. 2, p. 195-206, 1994. https://doi.org/10.1007/BF01534545

RUSSO, Hugo; SGRÓ, Margarita; DÍAZ, Andréa. La educación: espacio de intersección de estrategias y de intersubjectividades. In: CORBALÁN, A.; RUSSO, H. Educación, actualidad y incertidumbre. Tandil: Universidad Nacional Del Centro de la Província de Buenos Aires, 1998.

TREVISAN, Amarildo Luiz. Filosofia da educação: mímesis e razão comunicativa. Ijuí, RS; Unijuí, 2000.

Publicado
2018-08-30
Como Citar
Zaslavsky, A. (2018). Para um conceito Habermasiano de ação pedagógica. EDUCAÇÃO E FILOSOFIA, 32(65). https://doi.org/10.14393/REVEDFIL.issn.0102-6801.v32n65a2018-11
Seção
Artigos