Diálogo, alteridade e agir ético na educação: um encontro entre Martin Buber, Mikhail Bakhtin e Paulo Freire

Alexandra Coelho Pena

Resumo


*Professora da disciplina de Alternativas Pedagógicas do Curso de Especialização em Educação Infantil: perspectivas de trabalho em creches e pré-escolas da PUC-Rio. Doutora em Educação pela PUC-Rio. 

Diálogo, alteridade e agir ético na educação: um encontro entre Martin Buber, Mikhail Bakhtin e Paulo Freire

Resumo: O presente artigo tem o objetivo de abordar os conceitos de diálogo, alteridade e agir ético nas obras de Martin Buber, Mikhail Bakhtin e Paulo Freire e discutir suas importantes contribuições para o campo da educação. Correndo o risco de fazer conversar pensadores de lugares e épocas diferentes, o texto aposta nas aproximações entre esses autores da filosofia do diálogo, que viveram a experiência do exílio e da perseguição política e religiosa e atribuíram, assim, novos significados aos temas do encontro, da escuta e da responsabilidade.

Palavras-chave: Diálogo. Alteridade. Agir ético. Filosofia do diálogo.

Dialogue, altéritéet de l’agiréthique: une reencontre entre Martin Buber, Mikhail Bakhtin et Paulo Freire

Résumé: Le presente article vise à aborder les concepts de dialogue, altéritéet de l'agiréthique dans les oeuvres de Martin Buber, Mikhail Bakhtin et Paulo Freire et discuter leurs contributions au domaine del'éducation. Au risque de mettre en conversation des penseurs venus de lieux et d'époque différents, le texte parie sur l'approximation parmices auteurs de la philosophie de dialogue quiont vécu l'expérience d'exil et de la persecution politique et religieuse et ontattribué donc une nouvelle signification aux themes de la rencontre, d'écoute et de la responsabilité.

Mots clés: Dialogue. Altérité. Agir éthique. Philosophie de dialogue.

Dialogue, alterity and ethical action in education: a meeting between Martin Buber, Mikhail Bakhtin and Paulo Freire

Abstract: This article aims to address the concepts of dialogue, alterity and ethical action in the works of Martin Buber, MikhailBakhtin and Paulo Freire and discuss their important contributions to the Education. At the risk of makingthinkers from different places and times converse, the text bets on the similarities between these authors of thephilosophy of dialogue, who have lived the experience of exile and political and religious persecution and thus gavenew meanings to the topics of meeting, listening and responsibility.

Keywords: Dialogue. Alterity. Ethical action. Philosophy of dialogue.

Data de registro: 04/01/2016

Data de aceite: 18/05/2016

Referências

AVNON, D. Martin Buber: the hidden dialogue. New York: Rowman and Littlefield Publishers, INC, 1998.

BAKHTIN, M. A cultura popular na idade média e no renascimento: o contexto de François Rabelais. Brasília: Editora da Universidade de Brasília, 1993.

______. Estética da criação verbal. São Paulo: Martins Fontes, 2011.

______. (VOLOCHÍNOV) Marxismo e filosofia da linguagem. São Paulo: Hucitec, 2012.

BARTHOLO JR., R. S. Você e eu: Martin Buber, presença palavra. Rio de Janeiro: Garamond, 2001.

BUBER, M. Eu e Tu. São Paulo: Centauro, 2003a.

______. El camino del ser humano y otros escritos. Madrid: Fundación Emmanuel Mounier, 2003b.

______. Sobre comunidade. São Paulo: Perspectiva, 2008.

______. Do diálogo e do dialógico. Campinas: Ed Perspectiva, 2009.

______. O caminho do homem segundo o ensinamento chassídico. São Paulo: Realizções Editora, 2011a.

______. Qué es el hombre? México: FCE, 2011b.

FARACO, C. A. Linguagem & diálogo: as ideias linguísticas do Círcu­lo de Bakhtin. São Paulo: Parábola Editorial, 2009.

FERNANDES, D. G. Martin Buber e Paulo Freire: dois caminhos para o diálogo. 1981. Dissertação (Mestrado em Educação) – Departamento de Educação, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 1981.

FREIRE, P. Pedagogia do oprimido. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1987.

______. Educação como prática da liberdade. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2002.

______. Pedagogia da autonomia: saberes necessário à prática educa­tiva. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2013.

FRIEDMAN, M. Martin Buber and Mikhail Bakhtin. In: BANATHY, B.; JENLINK, P. (Ed.). Dialogue as a Means of Collective Communication. New York: Kluwer Academic/Plenum Publishers, p. 29-39, 2005. Dis­ponível em: <https://doi.org/10.1007/0-306-48690-3_>. Acesso em: 20 maio 2014. PMCid:PMC539205

GERALDI, W. Bakhtin tudo ou nada diz aos educadores: os educadores podem dizer muito com Bakhtin. In: FREITAS, M. T. (Org.). Educa­ção, arte e vida em Bakhtin. Belo Horizonte: Autêntica, 2013.

GUILHERME, A.; MORGAN, J. W. Martin Buber’s philosophy of ed­ucation and its implications for adult non‐formal education. Interna­tional Journal of Lifelong Education, v. 28, Issue 5, p. 565-581, 2009. Disponível em: <https://doi.org/10.1080/02601370903189989>. Aces­so em: 20 maio 2014.

______. Martin Buber and the concept of the other. Pastoral Review, 2010.

HILLIARD, F. H. A Re-Examination of Buber’s Addresson Education. British Journal of Educational Studies, v. 21, n. 1, Feb., 1973.

JOBIM e SOUZA, S. Infância e linguagem: Bakhtin, Vygostky e Ben­jamin. Campinas: Papirus, 2010.

JOBIM e SOUZA, S. Mikhail Bakhtin e as ciências humanas: sobre o ato de pesquisar. In: FREITAS, M. T. (Org.). Escola, tecnologias digi­tais e cinema. Juiz de Fora: Editora UFJF, 2011.

KONDER, L. O que é dialética? São Paulo: Brasiliense, 2008.

KRAMER, S. Por entre as pedras: arma e sonho na escola. São Paulo: Ática, 2002.

______. Professoras de Educação Infantil e mudança: reflexões a partir de Bakhtin. Cadernos de Pesquisa, v. 34, n. 122, p. 497-515, maio/ago. 2004.

KRAMER, Sonia. Formação e responsabilidade. In: KRAMER, S., NUNES, M. F., CARVALHO, C. M. Educação Infantil: formação e responsabilidade. Campinas: Papirus, 2013.

MENDES-FLOHR, P. Martin Buber: a contemporary perspective. Je­rusalem: Syracuse University Press, 2002.

NUTO, J. V. C. A influência de Martin Buber no conceito bakhtiniano de dialogismo. In: CONGRESSO INTERNACIONAL DE HUMANI­DADES, PALAVRA E CULTURA NA AMÉRICA LATINA: HERAN­ÇAS E DESAFIOS. 10., 2007, Brasília. Anais... Brasília: UnB, 2007.

SANTIAGO, M. B. N. Diálogo e educação: o pensamento pedagógico em Martin Buber. 348f. 2008. Tese (Doutorado em Educação) – Pro­grama de Pós-Graduação em Educação, Universidade Federal de Per­nambuco, 2008.

SANTIAGO, M. B. N.; RÖHR, F. Formação e diálogo nos discursos de Martin Buber. Caxambu: Trabalho apresentado na 29ª Reunião Anual da Anped, 2006.

TEZZA, C. Sobre o autor e o herói – um roteiro de leitura. In: FARA­CO, C. A,; TEZZA, C.; CASTRO, G. (Org.). Diálogos com Bakhtin. Curitiba: UFPR, 2007.

ZUBEN, Newton Aquiles Von. Martin Buber: cumplicidade e diálogo. Bauru: EDUSC, 2003.


Palavras-chave


Diálogo. Alteridade. Agir ético. Filosofia do diálogo.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.14393/REVEDFIL.issn.0102-6801.v31n62a2017-p751a781

Direitos autorais 2017 Alexandra Coelho Pena

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

   


Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

ISSN Impresso: 0102-6801  e  ISSN Eletrônico: 1982-596X

Revista Qualis A2 em Educação e  B1 em Filosofia, ano base de 2015.

Associada às bases de dados: Repertoire Bibliographique dela Philosophie, The Philosopher’s Index, CIAFIC, SHS/DC, IRESIE, LATINDEX,  Refdoc, Biblioteca Brasileira de Educação, Sumários de Revistas Brasileiras, DIADORIM, EDUC@, PhilPapers Journal.

  

 

A Revista Educação e Filosofia está vinculada a: 

 

Atribuição de Registro DOI: