Educação pela contingência – o não idêntico no seio da instituição

Gustavo Chataignier

Resumo


* Doutor em filosofia pela Universidade de Paris 8 – Vincennes- Saint-Denis. Professor de Estética da Comunicação de Massas do Departamento de Comunicação Social da Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio).

 

Educação pela contingência – o não idêntico no seio da instituição

Resumo: O intuito do trabalho é o de problematizar a educação na formação das subjetividades enquanto um locus privilegiado de reflexão da sociedade sobre si mesma. Enquanto Instituição, se insere nos processos de efetivação de forças, o que lhe confere uma posição eminentemente política. Assim sendo, serão exploradas sobretudo duas vias descritivas: primeiramente, atentar-se-á à conceituação althusseriana de “Aparelhos Ideológicos de Estado”, em consonância com a teoria da ideologia do autor francês. Em um segundo momento, o campo teórico abordado será o hegeliano. Será então questão, após uma crítica ao chamado “panlogicismo” que impede o desabrochar das particularidades, um remanejamento do sistema, no sentido de privilegiar a figura da contingência. Assim, o conceito de “efetivação” ganha relevo para se pensar Instituições na história. Por fim, a “dialética negativa” adorniana se aproxima de uma formação teórica que une continuidade e ruptura. Em nosso caso, lida-se com a universidade aberta à diversidade.

Palavras-chave: Contingência. Filosofia da educação. Ética. Intersubjetividade.

Education by contigency - the non-identical within the institution

Abstract: The aim of the work is to problematize education in the formation of subjectivities as a privileged locus of reflection of society. As an Institution, it is inserted in the processes of effective forces, which gives it a political position. In this way, two paths will be explored: firstly, the Althusserian conceptualization of "Ideological State Apparatus", in line with the theory of ideology. In a second moment, the theoretical field addressed will be the Hegelian one. It will then be a question, after a critique of the so-called "panlogicism", a re-direction of the system, in the sense of privileging the figure of contingency. Thus, the concept of "effectiveness" gains importance to think Institutions in history. Finally, the Adornian "negative dialectic" approaches a theoretical formation that unites continuity and rupture. In our case, we deal with an university opened towards diversity.

Key-words: Contingency. Philosophy of education. Ethics. Intersubjectivity.

L’éducation par la contingence: le non-identique au sein de l’institution

Résumé: On portera sur le rôle joué par l’éducation dans la subjectivits en tant qu’ elle constitue un des lieux, voire le lieu, où la société se réfléchit. Comme institution, elles’insère dans le processus d’effectuation des forces, ce qui lui confère une position politique. Nous emprunterons surtout deux voies: premièrement, nous nous concentrerons sur le concept althussérien d’ « Appareils Idéologiques d’État », en phase avec la théorie de l’idéologie Le deuxième champ est hégélien. Il sera question, après une critique du « panlogicisme », après un réaménagement de son système, de privilégier la figure de la contingence. Ainsi, le concept d’ « effectivité » est central afin de  penser l’inscription dans l’histoire. Enfin nous verrons que la « dialectique négative » s’approche d’une théorie rassemblant aussi bien la continuité que la rupture. En ce qui nous concerne, nous voulons faire place à l’idée d’ une Université ouverte aux différences.

Mots-clés: Contingence. Philosophie de l’éducation. Éthique. Intersubjectivité.


Palavras-chave


Contingência. Filosofia da educação. Ética. Intersubjetividade.

Texto completo:

PDF


Direitos autorais 2017 Gustavo Chataignier

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

   


Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

ISSN Impresso: 0102-6801  e  ISSN Eletrônico: 1982-596X

Revista Qualis A2 em Educação e  B1 em Filosofia, ano base de 2015.

Associada às bases de dados: Repertoire Bibliographique dela Philosophie, The Philosopher’s Index, CIAFIC, SHS/DC, IRESIE, LATINDEX,  Refdoc, Biblioteca Brasileira de Educação, Sumários de Revistas Brasileiras, DIADORIM, EDUC@, PhilPapers Journal.

  

 

A Revista Educação e Filosofia está vinculada a: 

 

Atribuição de Registro DOI: