Heterogênese criativa: o que podem as imagens nas didáticas contemporâneas?

Alexandre Filordi de Carvalho, César Donizetti Pereira Leite

Resumo


* Este texto compõe as pesquisas sob financiamento da Fundação de Amparo de Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP) – Processo 16/05440-7 e 2014/02309-1 do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) – Processos 303319/2015-1.

** Doutor em Filosofia pela Universidade de São Paulo (USP) – 2007 e Doutor em Educação pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) – 2008. Professor de Filosofia da Educação na Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). E-mail: afilordi@gmail.com

*** Doutor em Educação pela Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) – 2002. Professor Adjunto da Universidade Estadual Paulista (Unesp). E-mail: cesar@rc.unesp.br

Heterogênese criativa: o que podem as imagens nas didáticas contemporâneas?

Resumo: O artigo investiga a relação da cultura de imagens com as didáticas contemporâneas. Ao indagar o que podem as imagens nas didáticas contemporâneas, o trabalho assume a hipótese de que a sociedade atual vive uma profunda transição nas formas de experimentar a acessibilidade, a associação de conteúdos, as formas de aprender e as de produzir pensamento nos espaços educacionais. Para tanto, parte-se de alguns conceitos presentes no campo da Filosofia da Diferença, sobretudo a partir de Deleuze, Foucault e Serres, bem como de uma pesquisa desenvolvida com produção de imagens produzidas por crianças e professores, para problematizar e refletir sobre os lugares, as experiências e as formas com os quais os saberes e as empirias da educação, obstinadamente, são convocados a se redimensionar.

Palavras-chave: Didáticas. Imagens. Diferenças. Educação.

Creative Heterogenesis: What Can Images In Contemporary Didactics?

Abstract: The article investigates the relationship of culture with images of contemporary didactics. By asking what can the images in contemporary didactics, the work takes the hypothesis that the current society lives a profound transition in the ways of experiencing the accessibility, the contents association, the ways of learning and the ways to produce the thought in educational places. For this purpose, it departs from a few concepts in the field of Philosophy of Difference, especially from Deleuze, Foucault and Serres, as well as a research developed with production of images produced by children and teachers to discuss and reflect about the places, the experiences and the ways in which the knowledge and education empirias obstinately are called to resizing themselves.

Keywords: Didactics. Images. Differences. Education.

Heterogénesis creativa: ¿qué pueden las imágenes en la didáctica contemporánea?

Resumen: En el articulo se investiga la relación de la cultura de las imágenes con la enseñanza contemporánea. Cuando se pregunta qué puede hacer las imágenes en la enseñanza contemporánea, el articulo asume la hipótesis de que la sociedad moderna vive una profunda transición en formas de experimentar la accesibilidad, las relaciónes de contenidos, formas de aprendizaje y para producir pensamientos en los espacios educativos. Para eso, se parte de algunos conceptos presentes en la filosofia de la diferencia, especialmente de Deleuze, Foucault y Serres, así como una investigación desarrollada con producción de las imágenes producidas por los niños y maestros para discutir y reflexionar sobre los lugares las experiencias y las formas en que los saberes, las empirias y la educación obstinadamente están llamados a redimensionar.

 Palabras clave: Didactica. Imágenes. Diferencias. Educación.

Data de registro: 14/08/2014

Data de aceite: 20/08/2014

 Referências:

AGAMBEN, Giorgio. Infância e história: destruição da experiência e origem da história. Belo Horizonte: UFMG, 2005.

 BARROS, Manoel de. O livro das ignorãças. Rio de Janeiro: Record, 1997.

 BRASIL, André. Modulação/Montagem: Ensaio sobre biopolítica experiência estética. Tese (Doutorado em Comunicação). Programa de Pós Graduação em Comunicação – Faculdade de Comunicação. Universidade Federal do Rio de Janeiro, 2008.

 CARVALHO, Alexandre Filordi de. Educação e imagens na sociedade do espetáculo: as pedagogias culturais em questão. Educação e Realidade, v. 38, p. 58 –602, 2013.

 CASTELLS, Manuel. A Sociedade em rede: a era da informação – economia, sociedade e cultura. São Paulo: Paz e Terra, 1999. 617p.

 DELEUZE, Gilles A imagem tempo: Cinema 2. São Paulo: Editora Brasiliense, 2009.

 LÉVY, Pierre. O que é virtual? São Paulo: Editora 34, 1996.

 LIPOVETSKY, Gilles. A sociedade pós-moralista: o crepúsculo do dever e a ética indolor dos novos tempos democráticos. São Paulo: Manole, 2005.

 LYOTARD, Jean-François. A condição pós-moderna. Lisboa Gradiva, 1989.

 SCHAEFFER, Jean-Marie. La fin de l’exception humaine. Paris: Gallimard, 2007.

 SCHNITMAN, Dora Fried (Org). Novos paradigmas, cultura e subjetividade. Porto Alegre: Artes Médicas, 1996.

 SERRES, Michel. Hominescências: o começo de uma outra humanidade. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2003.

 ______. Polegarzinha: uma nova forma de viver em harmonia, de pensar as instituições, de ser e de saber. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2013.

 SIBILIA, Paula. ¿Redes o Paredes? La escuela em tempos de dispersión. Buenos Aires: Tinta Fresca, 2012.

 VATTIMO, Gianni. O fim da modernidade: niilismo e hermenêutica na cultura pós-moderna. São Paulo: Martins Fontes, 2002.

 VIRILIO, Paul. O espaço crítico. São Paulo: Editora 34, 1993.

 Data de registro: 14/08/2014

Data de aceite: 20/08/2014


Palavras-chave


Didáticas. Imagens. Diferenças. Educação.

Texto completo:

PDF


Direitos autorais 2017 Alexandre Filordi de Carvalho, César Donizetti Pereira Leite

Licença Creative Commons
Esta obra está licenciada sob uma licença Creative Commons Atribuição - Não comercial - Sem derivações 4.0 Internacional.

   


Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

ISSN Impresso: 0102-6801  e  ISSN Eletrônico: 1982-596X

Revista Qualis A2 em Educação e  B1 em Filosofia, ano base de 2015.

Associada às bases de dados: Repertoire Bibliographique dela Philosophie, The Philosopher’s Index, CIAFIC, SHS/DC, IRESIE, LATINDEX,  Refdoc, Biblioteca Brasileira de Educação, Sumários de Revistas Brasileiras, DIADORIM, EDUC@, PhilPapers Journal.

  

 

A Revista Educação e Filosofia está vinculada a: 

 

Atribuição de Registro DOI: